POLÍTICA DE PRIVACIDADE E COOKIES

Utilizamos alguns recursos para entender o que nossos clientes tem interesse e melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Entendi

O homem da esperança

Influência Jovem -

Em 2013, Wadja voltou para finalmente completar sua trilogia sobre o "Solidariedade" com "Walesa: O Homem da Esperança", filme biográfico sobre o controverso líder sindical Lech Wałesa - um dos maiores responsáveis pela queda da ditadura comunista na Polônia.


Embora não se concentre mais no destino de Maciej Tomczyk e, em vez disso, amplie sua tela para incluir todo o movimento Solidariedade, o filme é muito parecido com seus dois predecessores, tanto tematicamente quanto em termos de narrativa. Havia uma sugestão implícita em "O Homem de Ferro" de que Tomczyk era uma representação simbólica de Walesa, uma sugestão que é reiterada em "Walesa". Como o filme revela, Lech Wałęsa era, assim como Tomczyk, um trabalhador dos Estaleiros de Gdańsk, que participou nas manifestações de 1970 contra o regime comunista, uma experiência formativa que ele usaria como motivação dez anos depois, quando outro levante o alça ao papel principal das manifestações. Sua participação nessa revolta o impulsiona para a vanguarda do conflito político na Polônia, e ele é proclamado uma figura de proa para a empobrecida comunidade trabalhadora em todo o país.

O longaacompanha a liderança do protagonista no movimento Solidariedade durante os primeiros anos de ativismo, passando por sua assinatura de colaboração com os serviços secretos e sua evolução como eletricista, líder sindical e herói da nação até sua chegada à presidência da nova Polônia democrática.


O conto de Wajda termina em 1989, o que significa que as revisões sobre a importância de Walesa na libertação da Polônia são omitidas. Isso porque enquanto o Sindicato Autônomo Solidariedade ainda é considerado como o movimento que iniciou a queda do comunismo no Leste Europeu, Lech Wałesa divide opiniões: reverenciado como herói e símbolo da liberdade para alguns (homenageado até mesmo por Donald Trump em sua última visita ao país Europeu), há quem acredite que o sindicalista seria um traidor da pátria, visto que sua verdadeira colaboração com a Służba Bezpieczeństwa, a polícia secreta da Polônia, se tornou tema de debates ao longo dos anos.

Deixe seu comentário

Tags

BLOG RELACIONADAS

Gostou do que viu aqui? Então com certeza você também vai gostar de nossas outras matérias (difícil vai ser você escolher qual a sua preferida depois, mas ok, você que lute). Clica aqui e confere, vale a pena!

Influência Jovem - ​Feliz dia dos Professores! (Atrasado mesmo)

​Feliz dia dos Professores! (Atrasado mesmo)

Outubro de 2021

Influência Jovem - São Jerônimo

São Jerônimo

Outubro de 2021

Influência Jovem - CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER:CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER: