POLÍTICA DE PRIVACIDADE E COOKIES

Utilizamos alguns recursos para entender o que nossos clientes tem interesse e melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Entendi

"Você segue a opinião da moda?"

   

   Imagine a seguinte situação: em um grupo de amigos começa uma conversa sobre o quanto adoram ir à balada. Dizem que se divertem e dão risadas, que estão ansiosos para o fim de semana quando poderão ir à próxima festa. No seu interior você não entende o motivo da euforia. Já foi a muitas festas, mas considera um ambiente desagradável. Além de muito barulhento para ter uma conversa com amigos ou algum crush, é um lugar que costuma ter muitas pessoas amontoadas, principalmente na entrada e na saída. Somado ao fato de a comida e bebida ser bastante ruim e cara.

   Porém, nesse momento, alguém o convida a se manifestar e, sem querer ser o desmancha prazeres ecoa as últimas frases ditas pelos colegas. Fica então combinado, sábado, 22h, na casa do Davi, para que se encontrem e sigam para noitada.

   O fato de você não ter sido o “chato da história” fez com que aquele programa fosse consenso e a discussão não só deixou de existir, como você e, talvez, outros amigos tenham ido para casa se achando muito estranhos por não achar legal um evento que “      todos” acham fantástico. Assim, não só seus argumentos foram silenciados na roda de amigos, como também vão sendo reprimidos na sua cabeça.

   Essa é a espiral do silêncio. Um argumento que não se fala fica cada vez mais improvável de aparecer em uma discussão. E quando utilizado causa tamanha estranheza aos outros (mesmo aos que concordam), que é imediatamente rechaçado.

   Essa é uma estratégia comum hoje em dia usada por pessoas que tentam impor “verdades” absurdas à grande maioria das pessoas. Utilizam o que ficou conhecido como “cancelamento”. O eco dado por linchadores costuma ser bastante desagradável a quem recebe os xingamentos e muitas vezes ele volta atrás e adere à opinião da moda, mesmo sabendo que é absurda.
   
   Mas a consequência de nunca se impor, nunca bater o pé e mostrar seus argumentos, é ver o mundo ser moldado sempre pelos mais barulhentos, e sem dúvida, fazer barulho não é mérito de nada.

   Assim, pare e pense quem você é, o que você preza e a quem você faz questão de sempre agradar. Não ache que um amigo vai gostar menos de você por não sair em determinados ambientes com ele, ou não acompanha-lo em determinadas empreitadas que não lhe parecem corretas. Se defender dos inimigos é fácil, afinal você sabe que são inimigos. O difícil é se defender dos amigos.

 

Deixe seu comentário

Tags

BLOG RELACIONADAS

Gostou do que viu aqui? Então com certeza você também vai gostar de nossas outras matérias (difícil vai ser você escolher qual a sua preferida depois, mas ok, você que lute). Clica aqui e confere, vale a pena!

Influência Jovem - Cinco anos sem Fidel Castro

Cinco anos sem Fidel Castro

Novembro de 2021

Influência Jovem - Kyle Rittenhouse e  a sensação de que ainda há justiça!

Kyle Rittenhouse e a sensação de que ainda há justiça!

Novembro de 2021

Influência Jovem - CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER:CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER: